segunda-feira

fruto é dia

tempo é doce

vício de tudo

furtacor

 

passeio do mundo

vazio no fundo

busca água

nada sem amor

 

previsão e fábula

razão e mágoa

sopro no espelho

(des)propósito de venti(ve)lador

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “segunda-feira

  1. caramba, acabei de escrever e perder o meu comentário, porque sem querer mudei de página. enfim, corrobora o que antes escrevia, hoje não foi um dia inspirado. talvez por resfriado. insisti em escrever, porque já me demorava. rascunhei coisas no caderno, voltei a este poema, que me parecia mais honesto e, por fim, até expirado. pensava em como as razões parecem às vezes um sumidouro de vida. procuro talvez no que escrevo enganar as minhas e as de quem lê, a pretexto de experiência no movimento de som e imagem. difícil ter todo o espaço para o fenômeno de apenas ser. e o venti(ve)lador? uma delícia sonora de pronúncia criança, que também me agrada pela ideia de vento velador, ventivelar a dor, ventilar a dor… (embora o espelho rebata esse efeito. vento na imagem refresca?)

    Curtido por 1 pessoa

  2. Quanto mais simples visualmente o poema, mais complexa a sua essência. Brinquei com as palavras, assim como brincaste com o ventilador: troquei substantivos de lugar, misturei artigos, inverti sentenças, e sempre saíram poemas novos de dentro do teu, como um cubo de Rubik (que expressão igualmente sonora, hehehehe, um cubo Kirub, um kuro Cibub). O resfriado deixa a vida menos hermética, ou será que nós deixamos a vida resfriada? É difícil ter todo o espaço da internet para ser apenas um texto, um poema, uma foto, e ainda assim tentamos, mal se ergue a manhã. Dúvida: qual é o gosto do vento que sai do espelho?

    Curtido por 1 pessoa

  3. eu faço essas inversões também quando escrevo 🙂 fico contente de saber que deu uso de jogo ao poema… ele poderia estar rolando no chão de casa dentro de um papel amassado pelas patinhas das minhas felinas… hehehe (me lembrei do Paterson cujos poemas animaram os dentes do cachorro… hehehe) gosto de cough syrup? (me lembrei de cough syrup do som de cubo Kirub) https://www.youtube.com/watch?v=UAsTlnjvetI

    Curtido por 1 pessoa

    1. Só imagino as maravilhas que as tuas felinas usam para brincar na tua casa, hehehe. Poemas, textos, pedaços de ideias, tudo rolando para cá e para lá ao lado de bolas de pelo. Hahahahaha, gostei da resposta – não conhecia a banda, mas achei bem legal a música. 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s