Concerto da serenidade

demore em ser depressa
o pássaro pousado pressente o voo
a solitude do mar conversa com os peixes
o verde incendeia no vento um vibrar de azul
a chuva cheira a terra de alma na casa
os olhos compartilham o silêncio da paisagem de dentro sem fora
a viagem muda para onde sou outra
as estações são as mesmas

Anúncios

Um comentário sobre “Concerto da serenidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s