nariz no papel
vapor ordinário
lábios à tinta
olor ao nome
querer alado

doce entrega
casa demolição
tu dos perdidos
no eu
favoritos achados

queimo estrela
acendo noite
lembro beijo
vago torpe
teu sagrado

quem enfim
souber de mim
aonde vou
peito aberto
rio rasgado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s